01/06/2009

Agência de Notícias do Acre - Hoje será lançado o II Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura

Agência de Notícias do Acre - Hoje, 1º de junho de 2009, será lançado o II Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura!

Poeta do Brasil! Nada melhor do que um prêmio em dinheiro para irrigar a inspiração, não é mesmo?

Parafraseando a Cecília Meirelles: "um poeta indiferente / escreve por escrever somente / não necessita de nada".

Ou Gilberto Gil: "Poetas, seresteiros, namorados, correi! É chegada a hora de escrever e cantar" / Traduzindo, hora de escrever e de participar. Mãos à obra! Escrevei! Participai!

As inscrições para a segunda edição do prêmio iniciam durante a Bienal da Floresta do Livro e da Leitura Enquanto Rio Branco se movimentava em volta da literatura na Bienal da Floresta do Livro e da Leitura, que começou nesta sexta-feira, escritores veteranos e novatos podem aproveitar toda esta agitação para mais uma vez mostrar os seus trabalhos literários. É o lançamento do II Prêmio de Literatura Garibaldi Brasil que acontece no dia 1º de junho no Teatro Betho Rocha, do colégio Estadual Barão do Rio Branco (CERB).
As inscrições das obras acontecem entre os dias 01 de junho e 31 de dezembro. São seis meses para que os escritores apresentem na sede da Fundação Garibaldi Brasil, no Parque Capitão Ciriaco, obras nas categorias de Conto, Crônica, Romance, Poema, Ensaios, Memórias e Casos. Cada inscrito poderá concorrer com até 03 obras por categoria, porem só será premiado um texto por categoria. Serão premiados em dinheiro os três primeiros colocados em cada categoria, sendo de R$ 1.500,00 para o primeiro colocado, R$ 1.000,00 para o segundo e R$ 500,00 para o terceiro.
O Prêmio de Literatura Garibaldi Brasil foi lançado pela primeira vez em 2007 tendo os resultado entregues em 2008 na comemoração do centenário do jornalista, artista plástico, chargista e escritor que dá nome ao prêmio e a Fundação Municipal de Cultura. Mais de 150 trabalhos foram apresentados na primeira edição do concurso, desses, 61 foram escolhidos entre as diversas categorias, dando origem ao livro “A Nova Literatura Acreana”, lançado ano passado. “Na primeira edição tivemos a oportunidade de conhecer o público que produzia literatura na cidade, o que foi além das nossas expectativas. Este ano nós pretendemos consolidar o concurso e esperamos um número maior de inscrições” afirma Tânia Oliveira, Coordenadora do Setor de Ações Continuadas da Fundação Garibaldi Brasil. O concurso conta com a parceria da Fundação Garibaldi Brasil e a Acadêmica Acreana de Letras.

Nenhum comentário:

POESIA BRASILEIRA IMPRESCINDÍVEL

  • A CONTINGÊNCIA DO SER - Célio César Paduani
  • A INSÔNIA DOS GRILOS - Jorge Tufic
  • A ROSA DO POVO - Carlos Drummond de Andrade
  • A SOLEIRA E O SÉCULO - Iacyr Anderson Freitas
  • ARTEFATOS DE AREIA - Francisco Carvalho
  • AS IMPUREZAS DO BRANCO - Carlos Drummond de Andrade
  • BARCA DOS SENTIDOS - Francisco Carvalho
  • BICHO PAPEL - Régis Bonvicino
  • CANTATA - Yeda Prates Bernis
  • CANTIGA DE ADORMECER TAMANDUÁ E ACORDAR UNS HOMENS - Pascoal Motta
  • CENTRAL POÉTICA - Lêdo Ivo
  • CONVERSA CLARA - Domingos Pelegrini Jr.
  • CRIME NA FLORA - Ferreira Gullar
  • DICIONÁRIO MÍNIMO - Fernando Fábio Fiorese Furtado
  • DIÁRIO DO MUDO - Paulinho Assunção
  • DUAS ÁGUAS - João Cabral de Melo Neto
  • FINIS TERRA - Lêdo Ivo
  • GUARDANAPOS PINTADOS COM VINHO - Jorge Tufic
  • INVENÇÃO DE ORFEU - Jorge de Lima
  • LAVRÁRIO - Márcio Almeida
  • NOVOS POEMAS - Jorge de Lima
  • O ESTRANHO CANTO DO PÁSSARO - Célio César Paduani
  • O ROMANCEIRO DA INCONFIDÊNCIA - Cecília Meirelles
  • O SONO PROVISÓRIO - Antônio Barreto
  • OS MELHORES POEMAS DE FERREIRA GULLAR - Ferreira Gullar
  • PASTO DE PEDRA - Bueno de Rivera
  • POEMA SUJO - Ferreira Gullar
  • POEMAS REUNIDOS - João Cabral de Melo Neto
  • POESIA REUNIDA - Jorge Tufic
  • RETRATO DE MÃE - Jorge Tufic
  • VER DE BOI - Pascoal Motta
  • VIANDANTE - Yeda Prates Bernis