01/06/2009

SUASSUNA Prêmio Conrado Wessel 2008

Ariano Suassuna ganha prêmio por preservar valores culturais brasileiros
Entrega do Prêmio Conrado Wessel 2008 acontece nesta segunda-feira, em São Paulo; escritor Ferreira Gullar também já foi premiado em 2004
Da Redação do pe360graus.com

O escritor Ariano Suassuna, autor de “O santo e a porca”, “O auto da compadecida” e “O Romance da Pedra do Reino” foi o vendedor do Prêmio Conrado Wessel 2008 na área de Cultura. A cerimônia de entrega acontece nesta segunda-feira (1º), às 19h, em São Paulo.

Segundo o júri da premiação, Suassuna foi selecionado "devido à eficácia de sua incansável redescoberta e projeção dos genuínos valores culturais brasileiros". Em 2004, o prêmio foi para o poeta Ferreira Gullar.

Ariano Suassuna, além de escritor, é advogado, professor e acadêmico da cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras. Com Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro do Estudante Pernambucano, ainda quando acadêmico de direito, dedicando-se a compor peças, tendo iniciado com “Uma Mulher Vestida de Sol”, que lhe deu o prêmio Nicolau Carlos Magno. Atualmente, o escritor ocupa cargo de Secretário de Cultura em Pernambuco.

Tags:ariano suassuna, prêmioAvalie este conteúdo:0102030405
Outras notícias
Evento literário reúne palestras e vídeos sobre escritores brasileirosSesi premiará ações de escolas e alunos em prol de comunidades Gioana recebe debates e shows do Festival Pernambuco Nação CulturalPrograma 'Travessia" terá caderno sobre cultura brasileira e pernambucanaArte Plural Galeria inicia agenda de saraus literários Ariano Suassuna ganha prêmio por preservar valores culturais brasileiros
Entrega do Prêmio Conrado Wessel 2008 acontece nesta segunda-feira, em São Paulo; escritor Ferreira Gullar também já foi premiado em 2004
Da Redação do pe360graus.com

O escritor Ariano Suassuna, autor de “O santo e a porca”, “O auto da compadecida” e “O Romance da Pedra do Reino” foi o vendedor do Prêmio Conrado Wessel 2008 na área de Cultura. A cerimônia de entrega acontece nesta segunda-feira (1º), às 19h, em São Paulo.

Segundo o júri da premiação, Suassuna foi selecionado "devido à eficácia de sua incansável redescoberta e projeção dos genuínos valores culturais brasileiros". Em 2004, o prêmio foi para o poeta Ferreira Gullar.

Ariano Suassuna, além de escritor, é advogado, professor e acadêmico da cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras. Com Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro do Estudante Pernambucano, ainda quando acadêmico de direito, dedicando-se a compor peças, tendo iniciado com “Uma Mulher Vestida de Sol”, que lhe deu o prêmio Nicolau Carlos Magno. Atualmente, o escritor ocupa cargo de Secretário de Cultura em Pernambuco.

Evento literário reúne palestras e vídeos sobre escritores brasileiros. Sesi premiará ações de escolas e alunos em prol de comunidades Gioana recebe debates e shows do Festival Pernambuco Nação Cultural Programa 'Travessia" terá caderno sobre cultura brasileira e pernambucana Arte Plural Galeria inicia agenda de saraus literários

Nenhum comentário:

POESIA BRASILEIRA IMPRESCINDÍVEL

  • A CONTINGÊNCIA DO SER - Célio César Paduani
  • A INSÔNIA DOS GRILOS - Jorge Tufic
  • A ROSA DO POVO - Carlos Drummond de Andrade
  • A SOLEIRA E O SÉCULO - Iacyr Anderson Freitas
  • ARTEFATOS DE AREIA - Francisco Carvalho
  • AS IMPUREZAS DO BRANCO - Carlos Drummond de Andrade
  • BARCA DOS SENTIDOS - Francisco Carvalho
  • BICHO PAPEL - Régis Bonvicino
  • CANTATA - Yeda Prates Bernis
  • CANTIGA DE ADORMECER TAMANDUÁ E ACORDAR UNS HOMENS - Pascoal Motta
  • CENTRAL POÉTICA - Lêdo Ivo
  • CONVERSA CLARA - Domingos Pelegrini Jr.
  • CRIME NA FLORA - Ferreira Gullar
  • DICIONÁRIO MÍNIMO - Fernando Fábio Fiorese Furtado
  • DIÁRIO DO MUDO - Paulinho Assunção
  • DUAS ÁGUAS - João Cabral de Melo Neto
  • FINIS TERRA - Lêdo Ivo
  • GUARDANAPOS PINTADOS COM VINHO - Jorge Tufic
  • INVENÇÃO DE ORFEU - Jorge de Lima
  • LAVRÁRIO - Márcio Almeida
  • NOVOS POEMAS - Jorge de Lima
  • O ESTRANHO CANTO DO PÁSSARO - Célio César Paduani
  • O ROMANCEIRO DA INCONFIDÊNCIA - Cecília Meirelles
  • O SONO PROVISÓRIO - Antônio Barreto
  • OS MELHORES POEMAS DE FERREIRA GULLAR - Ferreira Gullar
  • PASTO DE PEDRA - Bueno de Rivera
  • POEMA SUJO - Ferreira Gullar
  • POEMAS REUNIDOS - João Cabral de Melo Neto
  • POESIA REUNIDA - Jorge Tufic
  • RETRATO DE MÃE - Jorge Tufic
  • VER DE BOI - Pascoal Motta
  • VIANDANTE - Yeda Prates Bernis